As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais

As subidas mais difíceis de Minas Gerais no Strava! Olha, eu vou confessá-los: Essa lista foi a mais difícil de elaborar até agora. Depois de montar as listas de subidas mais difíceis de São Paulo e também de todo Brasil, venho a Minas Gerais tentando fazer o mesmo.

Em Minas, porém, não foi tão simples assim. Além do estado ser IMENSO, tem também subidas magníficas que eu não consegui incluir na lista, simplesmente por não ter tantas participações no Strava. Pois é! Mountain bike na veia no estado das Gerais!

O critério então ficou dessa forma:

  1. Subidas com pelo menos 7% de inclinação média
  2. Subidas com pelo menos 20 pessoas que percorreram o segmento no Strava
  3. Ter seu início e fim dentro de MG
  4. Ter mais de 50% do seu trajeto dentro de MG

Como nos outros posts, se você quiser saber como funiona a pontuação para que a lista seja montada, você pode encontrá-la acessando a calculadora de nível de dificuldade de subidas da Aventrilha.

Se você viu a lista de subidas de SP, verá que lá coloquei 10 subidas e aqui apenas 5. Por quê? Para montar a lista com as subidas mais difíceis de Minas Gerais, foram gastas horas em cada região do estado. Quando comecei a investigar a região da Serra da Mantiqueira tive de tomar uma decisão sobre quais morros seriam incluídos na lista de subidas mais difíceis de Minas Gerais para o Mountain Bike.

Eram muitas subidas e a briga pelos 6º, 7º, 8º, 9º e 10º lugares ficou praticamente empatada. Para não ser injusto com o pessoal dessas regiões, eu vou apenas mencionar quais são essas subidas, sem entrar em detalhes.

Ok. Vamos lá!

5ª: Água Limpa via Barreirinho (Delfim Moreira)

delfim-moreira-subidas-mais-dificeis-de-minas-gerais As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais

Essa é mais uma daquelas subidas que vou precisar de ajuda dos leitores do Aventrilha. Imagino que ela tenha um nome diferente de “subida para Delfim Moreira”, porém assim que ela é chamada no Strava

Esse segmento começa após um desvio a esquerda da estrada de asfalto entre Itajubá e Delfim Moreira na altura de Água Limpa. Se você é da região e pratica mountain bike, me envie uma mensagem ajudando a nomear a subida.

Nota: Um leitor gentilmente me informou um bom nome para essa subida e já alterei o título.

– Distância percorrida: 8,3km
– Ganho de elevação: 740m
– Inclinação média: 8,92%
– Ponto mais alto: 1606m
– Superfície: Terra
– Pontuação Final: 22,92

(Veja o segmento aqui)

4ª: Pico da Ibituruna (Governador Valadares)

Pico-da-Ibituruna-subidas-mais-dificeis-de-minas-gerais As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais

Uma das subidas mais interessantes da lista de subidas mais difíceis de Minas Gerais. O Pico da Ibituruna é um colosso que se ergue às margens do Rio Doce, diferentemente de todos os outros morros da lista que estão em serras, como a Mantiqueira.

Com o segundo maior ganho de elevação da lista – a 899m – o Pico tem também uma subida pelo outro lado sobre calçamento. A que classifiquei na lista, porém, é a pela terra.

– Distância percorrida: 8,4km
– Ganho de elevação: 899m
– Inclinação média: 10,70%
– Ponto mais alto: 1076m
– Superfície: Terra
– Pontuação Final: 25,77

(Veja o segmento aqui)

3ª: Serra de Luminosa (Brasópolis)

luminosa-subidas-mais-dificeis-de-minas-gerais As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais

A famosa subida de Luminosa – também conhecida como subida do Quebra Perna – é de longe a mais percorrida da lista. Isso é explicado por pertencer ao renomado Caminho da Fé, e por ser uma das últimas subidas de toda a rota.

Subindo do distrito de Luminosa, em Brasópolis, a serra sobe sentido Campos do Jordão e Pedra do Baú, ambos no estado de SP, com ganho de elevação de mais de 800m e inclinação de mais de 10%. Uma serra para ser pedalada!

Está curtindo o artigo? Então curta a fanpage da Aventrilha no Facebook também!

 

Continuando…

– Distância percorrida: 7,5km
– Ganho de elevação: 835m
– Inclinação média: 11,13%
– Ponto mais alto: 1670m
– Superfície: Terra
– Pontuação Final: 26,15

(Veja o segmento aqui)

2ª: Pedra de São Domingos (Córrego do Bom Jesus)

5d_MG_0187-745219-1 As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais

O famoso Córgo ou Corguinho abriga esse colosso. Muita gente acha que a subida é em Cambuí. Porém isso é só porque a cidade é maior. A subida fica em Córrego do Bom Jesus mesmo e possui a maior altitude em relação ao nível do mar de todas as subidas da lista: 1902m!

Se você leu a lista das subidas mais difíceis do Brasil, deve estar se perguntando: “Ué, mas lá a Pedra de São Domingos era a subida mais difícil de Minas Gerais. Por que aqui ela está em segundo lugar?”

Ela só não é a primeira pois a líder desse ranking é algo de outro planeta e que só em Julho obteve o número 20 de “percorridas”, tornando-a candidata a entrar nessa lista. Portanto declaro aqui que a lista de subidas mais difíceis do Brasil para Mountain Bike já está desatualizada.

– Distância percorrida: 11,10km
– Ganho de elevação: 1095m
– Inclinação média: 9,86%
– Ponto mais alto: 1902m
– Superfície: Terra
– Pontuação Final: 27,72

(Veja o segmento aqui)

Bônus das subidas mais difíceis de Minas Gerais: do 6º ao 10º lugar

Antes de irmos à primeira colocada, vamos dar uma olhada em quem fica de 6º a 10º lugar na lista:

6º: Coronel Fabriciano – Cocais (Coronel Fabriciano) – 22,65 pontos
7º: Pico do Gavião (Andradas) – 21,51 pontos
8º: Subida Vila Maria (Piranguçu) – 21,10 pontos
9º: Itamonte à Pousada dos Lobos (Itamonte) – 20,86
10º: Serra de Wenceslau Braz (Wenceslau Braz) – 19,72

Continuando:

1º: Torre do Chico / Pedra Amarela (Itajubá)

Torre-do-Chico-itajubá-subidas-mais-difíceis-de-Minas-Gerais As 5 subidas mais difíceis de Minas Gerais
Foto: Prof Montgomery

“O que? Torre do Chico? Pedra Amarela?” você deve estar se perguntando. “Onde fica isso? Por que minha subida não entrou na lista? Porque essa tal de Torre está em primeiro na lista de subidas mais difíceis de Minas Gerais?”

CALMA! Como disse, até Julho desse ano (2016), a subida não tinha 20 pessoas que a houvessem percorrido no Strava. Por isso não entrou na de subidas mais duras do Brasil, se tivesse, teria sido a primeira.

Meu amigo mountain biker… se você acha que já pagou todos os seus pecados, precisa conhecer esse monstro. 15% de MÉDIA, mais de 800m de elevação segundo o Strava e a chegada a estúpidos 1675 metros. A Torre do Chico, chamada de Pedra Amarela, é a segunda subida de Itajubá na lista e mostra que pedalar pela Mantiqueira não é brincadeira.

Pessoal de Itajubá: Escrevam o que estou dizendo. Um dia vou até lá de bicicleta só para fazer uma reportagem da subida mais difícil de Minas Gerais (e possivelmente do Brasil) in loco. Sério.

– Distância percorrida: 5,3km
– Ganho de elevação: 818m
– Inclinação média: 15,43%
– Ponto mais alto: 1675m
– Superfície: Terra
– Pontuação Final: 30,29

(Veja o segmento aqui)

 

Se você, amante do Mountain Bike, tem uma subida muito difícil que acha que deveria estar na lista e que passou batido, por favor me mande uma mensagem nos comentários que eu calcularei e, se for o caso, atualizarei a lista.

Se você tiver curiosidade de saber como realizo esses cálculos, pode acessar a calculadora de nível de dificuldade de subidas para ciclistas da Aventrilha e ver onde sua subida entraria.

About Fernando - Aventrilha 64 Articles
Natural de Atibaia e aventureiro de carteirinha, comecei no mountain bike quando as 26' reinavam soberanas e os V-Brakes eram o "ó". Pedalei por outros países, no frio de -20ºC e em montanhas isoladas, com dezenas de amigos e sozinho. Fundei a Aventrilha e transformei o ciclismo em minha profissão. Hoje escrevo tudo que aprendo e aprendi da arte de pedalar.
  • vcs esqueceram de Monte Verde, MG no sul do estado.

    • Boa tarde, Daniel.

      A subida de Monte verde, tanto por Camanducaia como vindo de Gonçalves, não teve pontuação para entrar no top 10. As outras subidas que vêm de São Francisco Xavier também não fazem parte pois estão em SP.

      Abraços!!

  • Luciano miranda

    Faltou a trilha do defunto em Pirangucu, pauleira de subida muito frequentada

  • Gilberto Santos Bispo

    Boa noite gostaria de pedir que você dê uma olhada no seguimento conhecido como Pico da Fortaleza em Virgínia-Mg total de +ou- 4,7km com inclinação média 15,8 só incluindo uma parte chamada de subida mortal inclinação 16,9 média chegando a 47% em alguns pontos

  • Alisson Rosa

    Opa! Blz Fernando?…
    Uq mim diz da subida do Pico do Piripau (Cambuquira) e Serra do Palmital (Itanhandu)?..
    Valeu!
    Abraços….

    • Bom dia, Alisson!

      Ambas não tiveram pontos pra entrar. Ficaram “no bolo” rsrs. Pra ser bem sincero, a do Palmital ficaria em 11º lugar.

      Abraços!

  • Lucas Tessarini

    Bom dia, em Itajuba tem a volta da barra passando pelo pico da igreja Joana Ferreira. O segmento ‘Uphill Morro da Joana Ferreira’ é interessante avaliar! 5,8km, 716m e 12%.

    • Olá, Lucas!

      O Morro da Joana Ferreira Não entrou por pouco. Está entre as 20 mais difíceis.

      Mas vou te contar viu: Dá pra fazer uma lista só com subidas de Itajubá! Nunca ví lugar com tanto morro! rsrsrs

      Forte abraço!

  • Gustavo Ramirez

    https://www.strava.com/activities/675815344/segments/16562208543
    dA UMA OLHADA NESSE SUBIDA DO RETIRO DOS PEDROS DE Baependi para Aiuruoca, acho que bate todas essas ae,,

    • Olá, Gustavo!

      Subida dura mesmo, mas Ainda sim não entraria na lista. Se vc já subiu lá, entretanto, tá de parabéns! Cebo nas canelas rsrs

      Abraços!

  • Homero Bonomini

    Muito legal Fernando. Conheci a subida da Pedra Amarela a pouco tempo e fiquei triste de não vê-la nas subidas mais difíceis do Brasil a alguns dias, mas feliz agora de estar merecidamente no topo do ranking de Minas Gerais! =D

    Importante ressaltar que o segmento vai só até Pedra Amarela, enquanto que a estrada ainda sobe mais 70m+ de elevação até a torre!

    Um desafio e tanto, não deixe de visitar.

    Abraço!

    • Boa tarde, Homero!

      Pois é. A subida tinha muitos poucos ciclistas “percorridos” no Strava. Eu tomo essa medida pois ha segmentos em propriedades privadas e que, mesmo sendo muito duros, talvez nunca sejam subidos por se encontrar do outro lado da cerca rsrsrs.

      Agora essa subida já possui percorridas suficientes. Mas vou confessar: ainda acho curioso o fato de ter somente 20 e poucas passadas por lá, já que na região de Itajubá o MTB é bem forte.

      De qualquer forma, um dia passo por essas paragens para subir a famosa Pedra Amarela!

      Forte abraço!

  • Joao Raimundo de Carvalho Lopes

    Esqueceram da subida do Capivari, do vilarejo de Vigário da Vara sobe para região da mina de Capanema. O grande lance é que no meio da subida, tem uma descida.

  • Felipe

    Opa! parabéns pela compilação, sugestões de revisão:
    https://www.strava.com/segments/1798418 — 22,616 pontos

    Quando fizer o TOP 20 tem essa em Lavras Novas(Ouro Preto):
    https://www.strava.com/segments/9439312 — 19,627

    Valeu

  • ademir

    Fernando,

    Em Delfim Moreira é conhecida como trilha do Barreirinho e também como Trilha do mosteiro, tem muita pedra solta, quando chove fica mais difícil ainda subir pois é bem técnica.

    • Olá, Ademir.

      Consigo imaginar. Ela parece ser bem dura mesmo. Não é a toa que entrou na lista rsrs.

      Abraços!

  • LEANDRO F OLIVEIRA

    Fernando, tem esse pico aqui em Paraisópolis. Chama Pico Machadão.. o trexo é curto, mas é super foda tbm.. nao ficaria em primeiro, mas na calculadora do site ficaria entre os 5.

    https://www.strava.com/segments/9682473

    • Boa noite, Leandro.

      Eu agradeço pelo aviso. Vou adicionar aqui no meu radar. Estou juntando as indicações dos leitores para efetuar correções.

      Abraço!

  • Rony Keller Galvão

    https://www.strava.com/segments/5611206 — Subida do Alex/ PQP

    Mais conhecida como PQP
    Mais de 25.000 pontos na calculadora do site
    Fica entre caçapava e Jambeiro
    Tem uns 2,4km de Serra e termina num single track semi impossível de zerar. Acho que zerei 50% da vezes mas são 4′ brutos esse final

    • Fala, Rony!

      Cara. Eu rí muito com seu comentário hahahaha. Sério. Putz, olha o nome da subida: PQP! Hahahahaha.

      Mas só um detalhe: Acho que você quis comentar lá na lista das subidas de SP, não é não?

      De qualquer forma, obrigado pelo aviso. De verdade!

      Forte abraço!

  • Rony Keller Galvão

    Desculpa aí, deveria ter colocado nas subidas de SP

    • Ah, agora que lí esse comentário!

      De qualquer forma. Obrigado pela mensagem… e pelo bom humor.

      Forte abraço!

  • LEANDRO F OLIVEIRA

    tem esse segmento aqui também em Congonhal(MG).. dificinho tbm
    https://www.strava.com/segments/774266

    • Fala, Leandro!

      Geralmente as subidas com 4km ou menos de distância não pontuam tanto como as outras. Mas só de ver o Segmento já doeu minhas canelas hahaha.

      Abraços!

    • LEANDRO F OLIVEIRA

      Valeu Fernando. tem q subir como todas as outras subidas q vc postou na manha né!! hehehehe.
      nessa subida se continuar tem uma descida que chama cachoeira das 15 quedas. essa é, de longe, o morro mais foda que eu conheço. é curto,deve dar uns 3km de descida, mas eu não conheço ninguém que tenha feito o caminho inverso.. acho q só de mula ou de moto pra subir. se eu achar o trecho completo posto aqui pra vc da uma olhada.

      • Bom dia, Leandro!

        Hahahah. Falar é fácil, né? Tenho que admitir.

        Subi algumas das subidas na lista de subidas mais difíceis de São Paulo, mas dessa vez não pedalei por nenhum desses lugares. Tenho que conhecer e provar do meu próprio veneno hahaha.

        Se achar, manda sim!
        Abraços!

  • Diego Ramon

    Sou de Itajubá e sempre subo na torre do Chico,porem para acampar já que a vista lá é paradisíaca,ja deixo o recado,tem um lugar excelente para se acampar. Uma bela vista e muita lenha haha

    • Boa noite, Diego.

      Muito legal esse relato. Deve ser super gostoso mesmo – e duro pra caramba de subir hahaha.

      Forte abraço!

  • Manfred

    Essa foto foi tirada pelo meu amigo Vinicius Montgomery. Eu estava lá nesse dia.
    Na matéria diz que são 1675 metros,mas no GPS deu 1740.

    • Manfred

      No caso eu quis dizer a pedra amarela em Itajubá.

      • Olá, Manfred!

        Isso mesmo. Dei o crédito a ele na foto. Achei como Professor Montgomery. Que foto linda! Inspiradora. Parabéns a vocês que subiram lá e ainda tiveram fôlego para tirar fotos tão bacanas.

        Abraços!

  • Carlos Henrique Gomes Bueno

    Bom dia Fernando!!! Em primeiro lugar, parabéns pelo blog! Seu trabalho tem sido perfeito para nós ciclistas! Fiz as contas na calculadora do blog e sugiro uma correção no top 10 das subidas mais duras de MG. A Serra do Elefante em Mateus Leme atingiu 21,89 pontos na calculadora. Não entraria no Top 5 mas está entre as 10 mais duras de MG, salvo engano em 7* lugar!!! Segue o link: https://www.strava.com/segments/5844479 Abraço!!!

  • Carlos Henrique Gomes Bueno

    Fala Fernando!!! Cara, viciei nesse negócio de classificar as subidas!!! Ahahaha! Lembrei de outra aqui que fica em Capitólio! Subida das antenas! Na calculadora levou 23,81!!! Ficaria em 5* lugar, porém, só foi subida por mim e mais 4 ciclistas… Por esse critério não entraria na classificação, mas vale muito a menção. Quando subi lá com alguns amigos, dei o nome de Serra do Capeta! Kkkkkk! Deus me livre dessa subida! Segue o link: https://www.strava.com/segments/7463637 abraço!

    • Olá, Carlos!

      Obrigado pela mensagem. Fico feliz de verdade por ler algo assim e extremamente motivado! 🙂 Vou responder as duas respostas em uma, ok?
      Pois é, tiveram algumas subidas que não entraram e eu fiquei com muita dor no coração haha. Eu uso o critério de número de subidas porque tem muita subira por aqui que tem um trecho dentro da propriedade de alguém e não será percorrida por mais ninguém, aí não tem utilidade público. A consequência é que algumas subidas genuínas, que nem a Serra do Capeta (hahaha) não entraram…

      Mas a da Serra do Elefante é algo a ser investigado. Muito obrigado por mandar o segmento. Vou dar uma analisada…

      Forte Abraço, Carlos!

  • Eugênio de Oliveira

    Olá Fernando, sou de campinas mais pedalo muito em minas gerais, mais preciso em Ilicínea… é eu sei todo mundo pergunta onde fica isso kkk,,tem tanta subidas lá que já perdi as contas,mais tem uma em especial que chama “subida do chapadão”, me dor de barriga só de saber que vou subir kkk,, mais é a minha preferida!!!! amo minas gerais…..

  • Eugênio de Oliveira

    Subida do chapadão, 5km, 1950 altitude, e leva no mínimo 40 minutos pra subir,, é meus amigos aventrilha pura…

  • Felipe Toé

    Opa! parabéns pela compilação, sugestões de revisão:
    https://www.strava.com/segments/1798418 — 22,616 pontos

    Quando fizer o TOP 20 tem essa em Lavras Novas(Ouro Preto):
    https://www.strava.com/segments/9439312 — 19,627

    Obrigado e parabéns

  • Jhonas Henrique

    Fernando, veja essa
    https://www.strava.com/segments/1680999
    na região tem algumas outras subidas que deram mais de 20 na pontuação da calculadora. na maior parte dos casos la são bloquetes o terra mesmo. Essa é terra