Como perder o medo de descida no Mountain Bike?

Medo de descida: há bastante mountain biker com um certo medo de descida. Mas já diz a velha máxima, tudo que sobe, tem que descer, não é? E não poderia ser diferente no Mountain Bike. A descida é uma das partes mais importantes e divertidas de todo pedal, onde nosso esforço morro acima é recompensado.

Porém há uma grande quantidade de mountain bikers que simplesmente não conseguem se divertir com essa parte do pedal. Só o pensamento de ter que descer um morro depois de subí-lo já os fazem querer mudar de rota. Outros não necessariamente morrem de medo de descida, mas é lá que perdem de vista o pessoal e deixam os freios em brasa.

Preparei 6 dicas para que você perca o medo de descida e desça com mais velocidade, confiança e segurança. Vamos lá.

1- Eleve seu guidão

Talvez você seja casca grossa no retão plano ou em subidas íngrimes e queira rebaixar seu guidão para melhorar seu desempenho. Porém quanto isso agrega à sua performance? E cá entre nós, quantos daqui são competidores profissionais que correm em circuitos técnicos onde cada segundo faz a diferença?

Talvez você ganhe muito mais ao elevar seu guidão uns dois calços que ao rebaixá-lo. Dessa forma você manterá uma maior distância da roda da frente e não entrará “de cara” nas descidas, o que te dará muito mais controle e consequentemente segurança, diminuindo o medo de descida. Faça esse teste!

2- Mesa mais curta e um guidão mais largo

specialized-enduro-017 Como perder o medo de descida no Mountain Bike?

Vejo por aí muita gente pegando mesas (avanços, ou como quiser chamar) de 110mm, 120mm e muitas vezes 130mm! O mountain bike é muito menos afetado pelo efeito do vento que o ciclismo de estrada, portanto tente colocar uma mesa mais curta, de 100mm pra menos, e compensar esse comprimento com um guidão mais largo.

Um guidão um pouco mais largo deixará você com mais controle nas curvas por diminuir a sensibilidade dos movimentos que você faz.

Lembre-se: o comprimento ideal da mesa e do guidão só podem ser identificados com precisão através de um bike fit profissional, portanto talvez uma mesa 120mm faça sentido para você. Porém via de regra, diminuindo um pouco a mesa pode-se acrescentar um pouco no guidão. Curta o Facebook do Aventrilha 🙂

 

Continuando…

3- Troque seu pneu dianteiro

Mountain-king-2 Como perder o medo de descida no Mountain Bike?

Seus pneus traseiro e dianteiro não precisam ser exatamente do mesmo modelo. Sim, verdade, eles devem ter a mesma largura, como foi falado anteriormente no artigo de como escolher pneus em 3 passos. Entrentanto, você pode usar pneus com cravos mais largos e espaçados na frente e pneus mais “rápidos” atrás.

Alguns pneus que já usei com esse intuito e recomendo fortemente são:

  • Kenda Nevegal
  • Continental X-King Performance
  • Maxxis High Roller

Quando sua bicicleta entrar de cara na descida, você terá muito mais aderência nas curvas e escorregará muito menos na lama e no cascalho. Por outro lado, trocando só o pneu da frente, você não perde tanta velocidade nos planos e nas subidas. Certamente te ajudará a diminuir o medo de descida.

4- Siga seu amigo mais rápido

mike-and-matt-tech-section Como perder o medo de descida no Mountain Bike?

Todos temos um amigo kamikaze e que deixa o freio em casa. Talvez ele realmente seja um louco varrido e inconsequente… mas já pensou que na verdade ele realmente desce bem!

Descer bem tem tudo a ver com saber escolher o traçado correto na descida. Quem nunca entrou num traçado, olhou 10m adiante, viu uma cratera na frente e outra ao lado e pensou “F&@#$”?

Seguir seu colega bom de descida o máximo que você puder vai te mostrar que descidas seguras e confiantes tem muito mais a ver com habilidade que com lentidão. Da próxima vez que sair para o pedal, fique na cola dele o quanto conseguir!

5- Abaixe seu selim

saddle-13929378 Como perder o medo de descida no Mountain Bike?

Esse segue o mesmo princípio do primeiro ponto. Com um selim (um pouco) mais baixo você entrará nas descidas com a cabeça erguida e com muito mais controle.

Evidentemente não estamos falando para você abaixar seu selim 5cm e ir para todo o pedal dessa forma. Na realidade, descer seu banco em apenas 1cm pode ter um efeito inimaginável na forma como você desce. E consequentemente, no seu medo de descida. E se você usa abraçadeira de canote com blocagem, pode fazer isso a qualquer momento da trilha antes de uma descida mais íngrime.

Na realidade, a alternativa ideal aqui seria comprar um canote hidráulico/retrátil. Essa peça que tem ganhado muita popularidade pode ser acionada no guidão, fazendo com que o canote se rebaixe e se eleve com um click. Tem um artigo show de bola no aventrilha pra você que quer saber mais sobre canotes hidráulicos/retráteis.

6- Ataque os pontos fracos

Esse post tem tudo a ver com atacar seus pontos fracos! Mesmo que isso afete seus pontos fortes. No mountain bike é sempre assim: Perde-se um pouco aqui e ganha-se um pouco lá. E no medo de descida não é diferente.

Certamente você fará mais força na reta com um pneu com mais cravos, sofrerá mais nas subidas íngrimes com um guidão mais alto e se incomodará com um banco um pouco mais baixo. Aqui, no entanto, estamos falando de segurança!

E além do mais, no Mountain Bike nem tudo é performance, treinos e força. Temos que ter prazer em todos os aspectos desse incrível esporte e a descida é certamente um dos principais.

Fica então minhas últimas 3 recomendações pra você:

  • Aproveite a descida! Ela é demais e uma das partes mais incríveis do MTB;
  • Curta o Face do Aventrilha (logo abaixo);
  • Se inscreva na newsletter pra receber artigos exclusivos por email (logo abaixo).

 

About Fernando - Aventrilha 64 Articles
Natural de Atibaia e aventureiro de carteirinha, comecei no mountain bike quando as 26' reinavam soberanas e os V-Brakes eram o "ó". Pedalei por outros países, no frio de -20ºC e em montanhas isoladas, com dezenas de amigos e sozinho. Fundei a Aventrilha e transformei o ciclismo em minha profissão. Hoje escrevo tudo que aprendo e aprendi da arte de pedalar.
  • David

    Só pra complementar, o posicionamento do corpo em uma descida é crucial, e utilizando dessas técnicas perderá o medo logo. Olhar sempre a frente alguns metros, tentar absorver os obstáculos com movimento dos joelhos, braços e quadril. E em descidas mais pesadas, posicionar-se atrás do selim. ?

  • Daniel

    Fernando, ótimo post, aliás todos os posts do site são muito bons!
    Um post que acho que seria bacana é para quem teve uma queda e ficou com receio. Sei que o lance é muito mais psicológico, mas acho que esse é um tópico interessante de se explorar também. Tomei um capote recentemente e admito que fiquei um tanto quanto temeroso nas descidas. Abraço

    • Valeu, Daniel. Muito obrigado pelas palavras.

      Gostei da sugestão de post. É uma excelente ideia futura. Vou colocar no meu radar.

      Abraços!